Sozinha mundo afora

Para mulheres que viajam sozinhas

Atacama – Salar de Tara

Há muitos e muitos anos atrás o vulcão explodiu. Rochas, lava e um mar de fogo varreu a terra inundando tudo e formando uma crosta de destruição e recomeço.

Depois veio a era glacial e cobriu tudo com uma imensa e espessa camada de gelo, os dinossauros foram pro saco e a terra ficou branca.

Aí sabe-se lá por que o gelo derreteu, levando tudo que estava abaixo dele, e depois do degelo apareceu o salar de tara.

O salar é quase um deserto. Areia por todo canto, como dunas pequenas. E aqui e ali, umas esculturas impressionantes de pedra, que foram pacientemente sendo esculpidas pelo tempo e o vento.

As 7h30 da manha o guia veio me pegar no hostel e eu entrei num micro ônibus com mais vários turistas, alguns brasileiros entre eles. No caminho ele foi contando as historias do local, como a do vulcão Licancabur e o “descabeçado” (esqueci o nome na língua materna, só lembro da tradição). Diz a lenda que na área só havia uma montanha feminina, que era cobiçada por todos os vulcões e montanhas masculinas, mas Licancabur quem conquistou o coraçãozinho da montanha. Mas um vulcão não se conformou com isso porque ele também queria a montanha cobiçada, os dois brigaram e Licancabur cortou a cabeça do outro, daí seu nome. Sua cabeça pode ser vista na fronteira do chile com Bolívia.

Depois de uma eternidade dentro do carro, chegamos a Tara. É i-men-so! Cada formação de pedras fantásticas e uma paisagem que parece saída de uma pintura.

Destaque para a Catedral de Tara, uma formação e rochas que parecem torres de catedral, e tem um eco muito bom, aliás. Tivemos aula de geologia, brincamos de procurar pedras e tiramos fotos.

O passeio segue por uma laguna lindíssima, e foi meu primeiro contato com os famosos flamingos cor de rosa de Atacama. Gastei uma boa hora tentando fazer uma foto decente deles, mas quem faz aqueles flamingos tirarem a cara da agua?

Passamos a manha toda e parte da tarde nesse tour, e depois retornamos para San Pedro.

dsc_0035-800x533 dsc_0044-800x533 dsc_0081-800x533 dsc_0105-800x533 dsc_0113-800x533

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 4 de janeiro de 2015 por em Atacama, Viagem.
%d blogueiros gostam disto: